Receba nossos conteúdos gratuitamente!

Não te mandaremos spam!
Powered by Rock Convert

E-COMMERCE – SEO E DESENVOLVIMENTO

Se você possui ou trabalha em um e-commerce, sabe que seu objetivo diário é conquistar mais clientes, certo? Nessa missão, ser encontrado por seu público comprador é indispensável, e é aí que entra o trabalho de SEO para e-commerce.

Com ele, é possível atrair milhares de visitantes para a sua loja virtual, sem pagar por clique (como é feito em anúncios) e intensificar significativamente as suas vendas.

O que é SEO para E-commerce?

É uma técnica que tem como o objetivo posicionar as lojas virtuais de maneira orgânica nos buscadores, ajudando a alcançar os seus clientes de maneira segmentada e sem a necessidade de investimento em mídia.

Benefícios do SEO

As principais vantagens de SEO é a atração de novos visitantes para o seu e-commerce, ou seja, uma estratégia que tem como objetivo a construção de audiência e autoridade nos mecanismos de busca, assim sua empresa possui maior probabilidade de gerar vendas para sua loja virtual

  • Aumento da lucratividade: Conforme você melhora o posicionamento da sua loja nos resultados orgânicos dos buscadores, você irá gerar mais tráfego sem necessidade de aumentar investimento em mídia o que acrescenta maior escala para o seu negócio. Assim impactando positivamente na lucratividade do seu e-commerce.
  • Crescimento de audiência: Estar posicionado orgânico nos resultados de busca é fundamental para o crescimento da audiência do seu e-commerce, pois quando maior o número de usuários qualificados que acessam a sua loja virtual maior a probabilidade de aumentar as suas vendas.
  • Reconhecimento de marca: Pela grande escala de tráfego que a busca orgânica traz para a sua loja virtual, ela acaba gerando também reconhecimento de marca ao longo prazo e isso auxilia no aumento da taxa de conversão da sua loja.

Como podemos alavancar seu E-commerce?

Nossos profissionais altamente capacitados, que lhe ajudarão a:

  • Melhorias técnicas na sua plataforma;
  • Implementar títulos, meta description e heading tags, etc;
  • Produzir conteúdo para páginas de produtos (inbound);
  • Investigar a concorrência e encontrar novas oportunidades para o seu negócio;
  • Descobrir itens que precisam ser ajustados como: sitemap, paginação e canonical, entre outros.

Sua loja virtual facilmente encontrada online? Atrair bem mais clientes e, consequentemente, aumentar o seu faturamento?

Vamos começar? Entre em contato conosco.

Se você possui ou trabalha em um e-commerce, sabe que seu objetivo diário é conquistar mais clientes, certo? Nessa missão, ser encontrado por seu público comprador é indispensável, e é aí que entra o trabalho de SEO para e-commerce. Com ele, é possível atrair milhares de visitantes para a sua loja virtual, sem pagar por […]

CRIAÇÃO E DESENVOLVIMENTO DE SITES

Em um ambiente digital cada vez mais competitivo, com milhões de informações sendo publicadas diariamente, conquistar a atenção de um leitor é um dos maiores desafios das empresas — principalmente quando os algoritmos do Google se tornam mais inteligentes e escolhem os sites quase que a dedo. Por isso, fique atento ao desempenho do site da sua empresa

A Criarte Tecnologia possui anos de experiência produzindo sites de qualidade e que respeitam todos os itens técnicos de SEO, garantindo assim um maior resultado frente ao Google.

Como o Google escolhe os sites das primeiras posições?

Um dos fatores importantes para esses algoritmos é a velocidade de carregamento da página. Isso porque o Google — e até mesmo os demais motores — prezam pela experiência do usuário, e o tempo de espera para visualizar o conteúdo buscado é um fator que está diretamente ligado a essa questão. 

Como a velocidade é importante para o desempenho do site?

Os principais motores de busca penalizam cada vez mais aqueles sites que têm carregamento demorado. Assim como esses buscadores analisam taxas de rejeição, alinhamento do conteúdo com a palavra-chave buscada, entre outras questões, eles também focam no carregamento da página.

Por esse motivo, a principal importância é que, com uma boa velocidade de carregamento, a probabilidade de o seu site alcançar o topo dos primeiros lugares aumenta consideravelmente. 

Uma pessoa decide se fica em um site ou não em menos de 5 segundos. Se o seu site falha em entregar a informação requisitada com velocidade e precisão, são visitantes a menos a cada 5 segundos.

Criação de Sites Profissionais

Há mais de 15 anos no mercado de Desenvolvimento nosso time oferece as melhores soluções para criação de sites. Estar presente na internet é muito importante para aquelas empresas que buscam sempre a expansão dos negócios e novos objetivos para o seu dia a dia. 

Com a criação de um novo site a sua empresa ficará consolidada no maior mecanismo de busca online, o Google! Um site pensado em SEO, com ferramentas atualizadas e desenvolvimentos de acordo com as exigências do Google, para que o seu site receba um bom posicionamento nas pesquisas e facilite a comunicação com os seus clientes.

Atualmente com mais de 69% de usuários acessando sites e fazendo pesquisas através dos smartphones, ficou indispensável um site responsivo para sua empresa, website eficiente orientado pelas necessidades do seu negócio

Analisamos sempre a sua necessidade, os seus objetivos e o seu público alvo para definir como devemos atuar, seja no aspecto visual ou com elementos de interação. Nosso time focará sempre em entregar a melhor qualidade, resultando na satisfação dos seus clientes.

Em um ambiente digital cada vez mais competitivo, com milhões de informações sendo publicadas diariamente, conquistar a atenção de um leitor é um dos maiores desafios das empresas — principalmente quando os algoritmos do Google se tornam mais inteligentes e escolhem os sites quase que a dedo. Por isso, fique atento ao desempenho do site da sua empresa.  […]

Qual a importância de ter um site para sua empresa

No mundo digital, ninguém questiona a importância do site para uma empresa. Independentemente do segmento ou do tamanho da sua empresa, uma página na web é a presença mínima que uma organização deve apresentar para garantir a sua credibilidade. Você conhece alguma marca bem-sucedida que não invista no online?

A internet vem mudando o comportamento de consumo das pessoas. Por exemplo, se antes você quisesse saber mais sobre um produto/serviço, precisaria ir até uma loja.

Hoje, porém, basta acessar o conteúdo de sites, blogs, fóruns e redes sociais para ler recomendações e comparar preços. Como era de se esperar, tais transformações alteram também a jornada de compra do cliente.

Por conta disso, no post de hoje, você vai entender a importância de ter um site para a sua empresa. Se você tem interesse nesse assunto, continue a leitura e confira!

O que muda na jornada de compra?

A jornada de compra é o mapeamento das etapas que um consumidor atravessa até concluir a aquisição de um produto/serviço. E, como já comentamos, a internet modifica isso.

No modelo tradicional, o primeiro momento da verdade (em inglês, First Moment of Truth — FMOT) é aquele em que o indivíduo está em frente à prateleira e vai decidir o que levar.

Já o segundo momento da verdade (em inglês, Second Moment of Truth — SMOT) ocorre quando ele consome o produto, vê se ficou satisfeito e decide se vai voltar a comprá-lo.

No novo modelo, antes do FMOT no ponto de venda, o potencial cliente já pesquisou bastante na web sobre o que deseja adquirir. Essa etapa foi batizada pelo Google como o momento zero da verdade (em inglês, Zero Moment of Truth — ZMOT). Assim, na hora da compra, a pessoa praticamente já tomou a sua decisão.

A consequência disso para o marketing é que o consumidor deixa de ter uma postura passiva e passa a buscar as informações que lhe interessam nos canais em que confia. E, claro, a sua empresa precisa dialogar com ele durante o ZMOT. Uma boa dica de leitura é o livro “ZMOT: Conquistando o momento zero da verdade”, que está disponível para download gratuito.

Quais são as vantagens de ter um site?

Aumenta a visibilidade

Se as pessoas querem ter a independência de pesquisar por conta própria, ofereça um site que tenha informações atualizadas. É muito útil ter um blog que sirva como ponto de contato entre a sua empresa e os seus potenciais clientes.

Com a produção periódica de conteúdo relevante em texto ou em vídeo, você é capaz de educá-los sobre o assunto do seu negócio, além de construir autoridade na sua área de atuação.

Também é importante ficar de olho em como está o ranqueamento da sua página nos motores de busca. O SEO (em inglês, Search Engine Optimization) é justamente a sua otimização e envolve fatores on page, como o Marketing de Conteúdo, e off page, como o link building.

Afinal, uma marca conhecida no ambiente online inspira mais confiança, o que é um fator decisivo na hora da decisão de compra.

Gera mais conversões

Um site que proporciona uma boa experiência do usuário (em inglês, User Experience — UX) ajuda a converter os visitantes em leads e, em seguida, em clientes. Apesar de não ser um campo novo no Design, o UX tem conquistado mais espaço com o boom dos dispositivos móveis.

Como conjunto de experiências e emoções que um usuário vivencia ao navegar na sua página, ele conta muito no momento de escolher que produto/serviço adquirir.

Uma experiência ruim prejudica a credibilidade do negócio. Por outro lado, consumidores satisfeitos costumam compartilhar suas opiniões nas redes sociais, o que leva ao famoso boca a boca.

Não se esqueça de investir em templates responsivos, que se adaptam ao tamanho da tela em que são exibidos. Com o aumento do número de tablets e smartphones, não há mais como ter certeza de onde o seu potencial cliente vai acessar o seu site, concorda?

Para você ter uma ideia, os celulares têm se consolidado como o principal meio de conexão à internet dos brasileiros. A informação é da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad) 2015 realizada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Serve como alternativa à publicidade tradicional

A televisão, o rádio e os meios impressos exigem investimentos financeiros maiores, tanto para a criação de uma peça quanto para a sua veiculação.

Com o serviço de anúncios pagos do Google, por exemplo, você pode elevar a exposição da sua empresa nos resultados dos motores de pesquisa e na Rede de Display. O anunciante paga apenas quando a publicidade é clicada e não há um valor mínimo exigido para a criação da campanha.

Já com o Facebook Ads, você consegue segmentar suas mensagens para públicos específicos segundo critérios demográficos e comportamentais. Também é possível determinar um orçamento diário a ser investido, assim como o formato da propaganda e o local da sua veiculação.

De acordo com um estudo do Ipsos Connect, mais de 3 milhões de empresas anunciam no Facebook, sendo que a maioria delas é de pequeno e médio porte.

Permite a mensuração do desempenho

Você sabia que o grande diferencial do meio digital em comparação ao marketing tradicional é a facilidade de monitoramento do desempenho em tempo real? E a principal ferramenta do mercado para isso é gratuita, o Google Analytics (GA).

Ele fornece uma infinidade de métricas em tempo real sobre o tráfego nas suas páginas, o que ajuda bastante na compreensão do comportamento de navegação dos visitantes. Com base nessas informações, fica mais fácil convertê-los.

Sem dúvida, saber avaliar o desempenho das suas campanhas faz muita diferença para a sua otimização. Em tempos de crise econômica, isso ganha ainda mais relevância, acredite.

Proporciona exclusividade

Já teve aquela sensação de liberdade quando você finalmente saiu da casa dos seus pais para morar em um cantinho apenas seu? Essa é a importância do site para uma empresa, um espaço para chamar de seu na internet.

Quando apostamos em plataformas já consolidadas, como por exemplo as redes sociais, estamos utilizando recursos de outras empresas. Em outras palavras, você fica restrito aos termos de uso, política de privacidade e funcionalidades disponibilizadas por um terceiro.

Por mais avançadas que sejam essas plataformas e seu ferramental, em algum momento você poderá sentir uma certa limitação, além de estar vulnerável às decisões que influenciam diretamente no espaço que construiu nelas.

De fato, não existe um controle efetivo quando se está em um ambiente virtual terceirizado. Se uma dessas empresas um dia se virar para você e dizer: fora da minha propriedade! Você provavelmente, não terá muito o que fazer a respeito.

Com um site da sua empresa — ainda que inicialmente não realize grandes investimentos — você poderá personalizá-lo conforme as necessidades do seu negócio, como ações promocionais, relacionamento com clientes, gamificação e outras estratégias de marketing de atração.

A título de exemplo, podemos citar as ações promocionais da Coca-Cola e a apresentação do novo BMWX2. Personalizar o seu espaço e causar uma boa primeira impressão de marca são opções limitadas apenas pela sua criatividade e investimento. Seu site suas regras.

Permite surfar uma nova tendência

Uma nova cultura de consumo por meio da web está emergindo a passos largos no Brasil e no mundo. Segundo o relatório o webshoppers, o faturamento do comércio eletrônico foi de R$ 47,7 bilhões em 2017. O número representa um crescimento nominal de 7,5% em relação a 2016. Já abordamos anteriormente o crescimento dos smartphones, que representaram 27,3% do total das transações em 2017.

A importância do site para uma empresa é válida também para as pequenas e médias, que cresceram muito em participação, da mesma maneira que a quantidade de e-consumidores, demonstrando que esse é um comportamento que vem sendo incorporado ao dia a dia do brasileiro.

Mais de 55 milhões de consumidores fizeram pelo menos uma compra virtual em 2017, um aumento de 15% em relação a 2016. Em 2017 também houve aumento de 3% no ticket médio (R$ 429,00).

Todos esses números associados ao exemplo já consolidado do e-commerce em países desenvolvidos, vêm corroborar com a máxima de Bill Gates: no futuro vão existir dois tipos de empresas, as que fazem negócio pela internet e as que estão fora dos negócios. Você deve ter um site se quiser surfar nessa tendência.

Confere vantagem competitiva

A importância do site para uma empresa possui um outro incentivo — que talvez o incomode um pouco mais — que é a estratégia competitiva desenvolvida pelo negócio no seu mercado de atuação.

Como observamos anteriormente, o ambiente virtual é uma enorme oportunidade, principalmente para pequenas e médias empresas, que por meio de um site podem garantir um espaço a baixo custo para mostrar os seus produtos e serviços ao mercado, e não ficar refém de uma mídia cara, como a tradicional.

A internet favorece o acesso à informação. Isso quer dizer que, no mundo virtual, as informações mais importantes para tomada de decisão estão disponíveis para consulta de maneira simples, rápida e eficiente, por meio de diferentes ferramentas.

Enquanto não garante o seu espaço na web por meio de um site para sua empresa, e não trabalha as oportunidades disponíveis na internet, alguém do seu mesmo nicho de mercado provavelmente está fazendo isso agora.

Mesmo que os seus serviços estejam condicionados a um ambiente físico, o seu cliente passa pelo mundo virtual para sondar as soluções disponíveis para o seu problema. Não investir nesse canal de comunicação é ser penalizado indiretamente, pois você tira do seu cliente a possibilidade que ele teria de encontrar a sua oferta.

Se você chegou até aqui, já deve estar convencido da relevância da construção do seu espaço na web. Em um mercado concorrido como o atual, investir na presença online é uma necessidade urgente e essencial para o crescimento de uma empresa.

Fonte: https://www.hostmidia.com.br/blog/qual-a-importancia-de-ter-um-site-para-sua-empresa/

No mundo digital, ninguém questiona a importância do site para uma empresa. Independentemente do segmento ou do tamanho da sua empresa, uma página na web é a presença mínima que uma organização deve apresentar para garantir a sua credibilidade. Você conhece alguma marca bem-sucedida que não invista no online? A internet vem mudando o comportamento de consumo […]

Business Intelligence

Business Intelligence é o nome utilizado pelas empresas para definir um conjunto de estratégias que envolvem a captura e a análise de dados para processos de tomada de decisão.

Dessa forma, busca-se criar um ambiente em que a empresa tenha mais facilidade para encontrar, avaliar, colaborar, compreender e agir a partir de informações de alto valor agregado sempre que for necessário.

As estratégias de Business Intelligence evoluíram e, hoje, diferenciam-se das abordagens de análise de dados tradicionais pelo número de fatores e conceitos utilizados para que os gestores possam ter bons insights.

Em outras palavras, com o Business Intelligence, os profissionais têm as bases para tomar decisões que contribuem para o sucesso do negócio e as suas estratégias de médio e longo prazo.

Quais são os benefícios do Business Intelligence para o negócio?

O Business Intelligence é utilizado em várias empresas para otimizar  os processos de tomada de decisão. Contudo, essa abordagem pode trazer benefícios que vão muito além da melhoria nessa parte do dia a dia de um gestor.

Confira algumas das vantagens do investimento em BI:

Aumento de faturamento

O Business Intelligence fornece uma série de informações para que o negócio consiga identificar pontos em suas abordagens de marketing que podem ser otimizados para melhorar os números de vendas.

Com os indicadores certos, os gestores conseguem avaliar o impacto de estratégias de marketing e, assim, planejar campanhas e desenvolver produtos de acordo com as demandas dos clientes.

Dessa forma, o empreendimento torna-se mais competitivo e capaz de atrair mais oportunidades de vendas.

Redução de custos

A redução dos custos operacionais é algo buscado por todas as empresas. Ter uma cadeia operacional que exige poucos recursos para ser mantida é fundamental para que a companhia possa continuar eficiente e, ao mesmo tempo, competitiva.

Além disso, esse fator contribui para que o negócio possa enfrentar tempos de crise com capacidade de realizar investimentos estratégicos.

Melhoria nas rotinas internas

O Business Intelligence coloca o gestor em um lugar estratégico. Ele conseguirá avaliar continuamente o funcionamento de todos os setores do negócio, identificando problemas na cadeia operacional, gargalos em áreas importantes e pontos que necessitam de melhorias.

Com tais dados em mãos, é possível otimizar as atividades de toda a empresa, reduzindo o tempo necessário para executar rotinas e criando uma série de processos mais eficazes.

BI – Monitoramento, Relatórios e Testes

Para tornar a sua empresa uma grande potência em tomada de decisão por dados é importante começar pela mensuração através do Google Analytics e Tag Manager.

Seja em uma loja virtual ou em um site de geração de leads, podemos ajudar a sua empresa a ter os dados em mãos!

Com Business Intelligence, podemos ajudar na criação de relatórios e dashboard para análise de dados. Em seguida, você pode contar com a gente na criação de testes a/b com a finalidade de descobrir melhores versões das suas páginas.

O Business Intelligence deve ser entendido como uma estratégia que melhora o direcionamento e a execução de todas as rotinas internas de uma empresa.

Por meio dele, o negócio consegue gerar um fluxo de trabalho mais eficaz, feito a partir de demandas do mercado e com melhorias contínuas.

Business Intelligence é o nome utilizado pelas empresas para definir um conjunto de estratégias que envolvem a captura e a análise de dados para processos de tomada de decisão. Dessa forma, busca-se criar um ambiente em que a empresa tenha mais facilidade para encontrar, avaliar, colaborar, compreender e agir a partir de informações de alto valor agregado […]

Performance

O que é o Marketing Digital de Performance?

O marketing digital de performance é uma ramificação do marketing tradicional baseada em indicadores poderosos que contabilizam números e geram dados e relatórios. Ou seja, o marketing digital de performance é 100% focado em resultados concretos.

Por meio dele, é possível acompanhar o comportamento do usuário diante de um anúncio. Você pode saber se a mídia foi exibida, para quem foi mostrada, se o consumidor clicou no link, se acessou o site, se finalizou ou não a compra.

Além disso, dá para saber qual canal de divulgação gera mais retorno financeiro, qual campanha é mais eficiente, quais ações evoluem para outro estágio, entre outras opções.

Ao contrário de outras estratégias de marketing, ela consegue gerar alta performance em pouquíssimo tempo. Mas não é mágica, é publicidade online! Quando bem-feita, ela aumenta o número de clientes e alavanca, inclusive, as vendas.

Quais são as principais ferramentas de performance?

Confira alguns exemplos de mídias utilizadas no Marketing Digital de Performance:

Google Adwords

É um veículo de publicidade do Google que exibe anúncios em forma de links patrocinados. Sempre que alguém faz uma pesquisa, eles aparecem na tela. O sistema permite escolher o tipo de lance e o perfil de público-alvo mais apropriado.

Facebook Ads

A plataforma de anúncios pagos do Facebook tem diversas formas de segmentar as campanhas, o que dá um grande poder de assertividade na hora de escolher o público que será impactado pelo anúncio.

O modelo de cobrança é parecido com o do Google Adwords onde o anunciante tem controle sobre o investimento e paga de acordo com os resultados, mas as semelhanças param por aí.

O Facebook funciona bem para ações de branding(tornar uma marca mais conhecida), de relacionamento ou vendas mais emotivas, enquanto os anúncios no Google podem gerar mais vendas rapidamente já que colocam a empresa em destaque quando uma pessoa busca por um determinado assunto.

Instagram para Negócios

O Instagram para Negócios também oferece o serviço de anúncios e recebe o pagamento conforme o tempo em que a publicidade fica on-line ou pelas conversões realizadas. Ele ajuda a empresa a ter mais visibilidade na rede social.

Campanhas de Mídia Online Criarte Tec

Sabemos o poder que a publicidade online tem, e sendo totalmente focada em marketing digital de alta performance, nosso time têm a experiência necessária para:

  • Criar campanhas;
  • Desenvolver criativos alinhados à identidade da sua marca;
  • Impactar exatamente (e somente) o seu público-alvo;
  • Fazer otimizações para melhorar os resultados;
  • Gerir a verba investida, a fim de gerar ROI positivo!

Dedique o seu tempo a outras tarefas! Porque nosso time está pronto para criar campanhas de alta performance, pensadas especificamente para o sucesso do seu negócio.

O que é o Marketing Digital de Performance? O marketing digital de performance é uma ramificação do marketing tradicional baseada em indicadores poderosos que contabilizam números e geram dados e relatórios. Ou seja, o marketing digital de performance é 100% focado em resultados concretos. Por meio dele, é possível acompanhar o comportamento do usuário diante de […]

Consultoria e Auditoria de SEO

Impulsionar as suas vendas e conversões, sem gastar com anúncios online, é possível! Esses objetivos, e muitos outros, podem ser alcançados por meio de técnicas de SEO (Search Engine Optimization). Com a consultoria de SEO você poderá utilizá-las em seu site, e:

  • ser facilmente encontrado por seu público-alvo;
  • atingir os melhores resultados orgânicos do Google;
  • aumentar o número de visitas ao site;
  • gerar leads qualificados;
  • elevar o número de conversões;
  • obter ROI positivo.

Essa estratégia é fundamental para sua empresa ganhar destaque, visibilidade no mundo digital e, por consequência, mais leads, clientes e faturamento para o seu negócio.

Consultoria de SEO

A consultoria de SEO é um dos nossos serviços mais procurados quando o assunto é otimização de site. Neste tipo de projeto, avaliamos todos os aspectos técnicos, de conteúdo e relevância do seu website, identificando pontos de correção e/ou melhorias.

Além disso, mensalmente produzimos documentações que indicam como realizar ajustes necessários e acompanhamos todo o processo de implementação.

Esse tipo de projeto é recomendado para empresas que buscam crescimento orgânico (no Google).

Auditoria de SEO

Na Auditoria de SEO, todos os aspectos técnicos são avaliados, como conteúdo e relevância do seu website, o que nos permite produzir uma documentação detalhada, dos pontos que devem ser ajustados.

Nesse tipo de projeto, entregamos os detalhes (do que precisa ser feito) e você (como cliente) implementa cada uma das frentes expostas. A diferença, frente ao modelo de Consultoria, é que a documentação completa é entregue no início do projeto. Assim, você ganha uma noção clara dos problemas que devem ser resolvidos.

Conteúdo para Blogs e Sites

Para conquistar mais acessos, leads e vendas, toda empresa precisa de uma estratégia sólida de conteúdo. Mas não adianta produzir qualquer artigo, vídeo ou e-book. Você precisa de um conteúdo que:

1) faça sentido para o seu negócio;
2) seja buscado na Internet;
3) agregue valor ao seu público.

Nossa equipe de SEO, junto com um experiente time de conteúdo, sabe exatamente como fazer isso. Nossos materiais são pensados e produzidos para angariar visitas e conversões (tanto para blogs quanto para sites).

Você só precisa se preocupar com o seu negócio. Nós fazemos o restante!

Conteúdo para E-Commerce

Nos projetos de lojas virtuais, nos dedicamos muito à estrutura do site, mas também garantimos a atração de clientes por meio da publicação de conteúdos de valor, tanto para o usuário quanto para o Google (o que envolve questões mais técnicas).

Produzimos conteúdos para produtos, categorias do site e, inclusive, para o blog do e-commerce, tudo internamente. Dessa forma, ajudamos a sua loja virtual a conquistar mais clientes, aumentar os resultados e crescer!

Impulsionar as suas vendas e conversões, sem gastar com anúncios online, é possível! Esses objetivos, e muitos outros, podem ser alcançados por meio de técnicas de SEO (Search Engine Optimization). Com a consultoria de SEO você poderá utilizá-las em seu site, e: ser facilmente encontrado por seu público-alvo; atingir os melhores resultados orgânicos do Google; […]

INBOUND MARKETING

O Inbound Marketing é um conjunto de estratégias que têm o objetivo de atrair potenciais clientes e guiá-los até o momento da compra. Afinal, muitas das pessoas que podem se interessar pelo seu produto ou serviço, ainda não sabem que a sua empresa existe, às vezes, sequer imaginam que precisam do que você vende.

Então, por meio de estratégias de marketing digital, identificamos quem são essas pessoas, criamos materiais que possam interessá-las e conseguimos o contato delas. Depois disso, começamos um trabalho de nutrição, que desperta o interesse de compra e cria um forte relacionamento entre marca e consumidor.

Inbound Marketing é para Qualquer Negócio?

Sim. Ao nutrir o seu potencial cliente, ou seja, alguém que compraria os seus produtos ou serviços, o educamos sobre o mercado de atuação da sua empresa. Assim, você começa a ensinar (algo que transmite credibilidade) antes de tentar vender.

Essa atitude, de se relacionar primeiro e só depois fazer uma oferta, é viável e recomendada para qualquer segmento, incluindo grandes varejistas ou negócios ultrasegmentados, como confeitarias de brigadeiros.

Portanto, não importa o segmento. A sua empresa pode se tornar referência no mercado, através da educação de clientes, e fazê-los procurar por seus produtos ou serviços no futuro.

As Etapas do Inbound Marketing

A metodologia do Inbound Marketing segue uma sequência lógica de etapas. Toda estratégia de sucesso deve passar pelas seguintes fases: AtrairConverterRelacionarVender e Analisar.

  • Atração: levamos mais visitantes para o seu site;
  • Relacionamento: nutrimos os leads com informações de valor;
  • Conversão: qualificamos os leads para a compra;
  • Venda: nutrição de Leads afim de concretizar a venda;
  • Análise: identificamos melhorias e ajustamos o necessário.

No nosso projeto, além de fazer um planejamento que considera as especificidades e necessidades de cada negócio, ainda nos preocupamos em aplicar técnicas de SEO e executar um processo 360º, que envolve:

  • geração de tráfego;
  • produção de conteúdo;
  • gestão de mídia;
  • criação de Landing Pages/Hotsites;
  • gerenciamento de leads;
  • automação de marketing inteligente;
  • disparo de e-mails marketing.

Inbound Marketing: por que sua empresa não pode ficar de fora dessa

Inbound Marketing é vantajoso e traz resultados

O mercado está comprando a ideia de aplicar a metodologia do Inbound Marketing, principalmente porque é 62% mais barato que o o Marketing convencional – ou OutboundMarketing -, que estávamos acostumados a fazer.

Não ter uma estratégia de Marketing de Atração para sua empresa pode ser um fator determinante para você ficar atrás de seus concorrentes que já estão aplicando a metodologia.

O Inbound Marketing é 62% mais barato que o Marketing convencional.

Os simples fatos de as pessoas estarem sempre procurando soluções para seus problemas nos mecanismos de busca, lendo mais emails em diferentes dispositivos e navegando mais tempo nas redes sociais são prerrogativas para que sua empresa não fique de fora.

Como podemos te ajudar?

Nosso foco é em:

  • relacionamento;
  • customização;
  • integração (com SEO e mídia);
  • nutrição;
  • automação;
  • foco no resultado;
  • leads qualificados.

O Inbound Marketing é um conjunto de estratégias que têm o objetivo de atrair potenciais clientes e guiá-los até o momento da compra. Afinal, muitas das pessoas que podem se interessar pelo seu produto ou serviço, ainda não sabem que a sua empresa existe, às vezes, sequer imaginam que precisam do que você vende. Então, […]

INBOUND MARKETING: SAIBA PORQUE O MARKETING DE CONTEÚDO NÃO É REI

Se você pesquisa sobre Inbound Marketing, já deve ter percebido que essa é uma das estratégias mais importantes para atrair leads qualificados e posicionar a sua empresa como autoridade no segmento.

No entanto, é preciso tomar alguns cuidados ao adotar essa estratégia. Caso contrário, sua empresa poderá ser apenas mais uma em um mar de conteúdos.

“MARKETING DE CONTEÚDO NÃO É REI, É TODO O REINO” – LEE ODDEN

O conteúdo não foi “promovido” ao reino todo à toa. Investir na produção de materiais exclusivos permite ao seu negócio ganhar visibilidade e credibilidade.

Além disso, conteúdos publicados em blogs e em sites têm uma vida muito maior do que anúncios. Basta imaginar que as campanhas vão sumir quando o dinheiro acabar, mas os textos sempre estarão por lá. Isso significa que as pessoas continuarão a acessar aquele conteúdo e a lembrar da Marca, mesmo após muito tempo.

Por isso, comece a encarar essa estratégia como o reino, e não como o rei. Apesar da analogia, isso significa que o Marketing de Conteúdo é uma ferramenta poderosa de divulgação e de posicionamento. No entanto, ela precisa da ação conjunta de outras estratégias e competências.

CONTEÚDO SEMPRE FOI VALIOSO

O Inbound Marketing explodiu nos últimos anos. Com isso, começou a chamar atenção a respeito da importância de entender os hábitos e necessidades de potenciais clientes. Assim, empresas de diversos segmentos começaram a oferecer materiais para ajudar seus leads a avançarem pela jornada de compra.

Apesar de o conceito de Inbound Marketing ser relativamente novo, o conteúdo sempre foi importante.As novelas, telejornais e programas de TV, por exemplo, são conteúdos. O objetivo das emissoras é atrair a atenção do público, para depois impactá-lo com os anúncios dos intervalos comerciais. Quanto maior a audiência de um programa ou emissora, maior é o preço para veicular propagandas em seus intervalos.

Isso significa que a metodologia não está inventando nenhuma roda, mas que está se atualizando, adaptando-se às novas tecnologias e ao novo comportamento do consumidor.

A grande vantagem é que, diferente dos conteúdos para TV, por exemplo, o digital é mais acessível para empresas de todos os portes e segmentos. Além de proporcionar melhor segmentação de público e monitoramento dos resultados.

CONHEÇA O REINO DO MARKETING DE CONTEÚDO

Se o conteúdo é o reino inteiro e o Inbound Marketing não é nenhuma novidade, como fazer, então, para tornar essa estratégia realmente eficaz?

Antes de mais nada, é importante entender que o conteúdo por si só não fará nenhum milagre. Com a difusão do Inbound Marketing, cada vez mais empresas estão apostando nessa frente. Para se diferenciar, você precisa, de fato, oferecer exclusividade.

Por isso, o primeiro passo é realizar uma curadoria. Ou seja, mapear as reais dores e benefícios de seus clientes e verificar os conteúdos já disponíveis na internet, identificando as oportunidades e brechas. Essa atitude vai ajudar a traçar uma estratégia de Marketing de Conteúdo realmente diferenciada. E possibilitar sua empresa se destacar no meio da multidão.

Depois, tenha em mente que o seu conteúdo vai precisar de um “empurrãozinho” para ser descoberto. Por isso, é fundamentalinvestir em anúncios pagos para conseguir potencializar o alcance dos seus materiais. Lembre-se de que essa tarefa também precisa ser eficaz. Ou seja, os conteúdos devem aparecer para as pessoas certas no momento mais adequado da jornada de compra.

Por fim, tenha sempre em mente o SEO e a otimização dos seus conteúdos para as palavras-chave importantes para o seu negócio. Essa tarefa não apenas vai contribuir para a visibilidade do seu site e blog, como também é fundamental paraconquistar a relevância e a autoridade tão sonhadas no Inbound Marketing.

VEJA COMO FAZER INBOUND MARKETING COM EXCELÊNCIA

Mesmo tendo em mente que o Marketing de Conteúdo não pode ser pensado como um lobo solitário, muitas empresas ainda não entenderam totalmente como essa estratégia funciona.

Para que você consiga aproveitar o potencial máximo do conteúdo, anote essas dicas importantes:

1 – ESCREVA PARA A PESSOA CERTA

As pessoas são curiosas e todo mundo gosta de um bom segredo. Por isso, quanto mais direto você for em seus conteúdos e especificar quem é o destinatário dele, maiores as chances de as pessoas realmente o lerem e o compartilharem com amigos.

Imagine que está escrevendo para um amigo que você conhece muito bem e é muito inteligente, para que os materiais se tornem atrativos e interessantes.

Para isso, você precisará definir muito bem a persona do seu negócio e desenvolver uma voz para a sua marca que seja condizente e mantida. Juntas, essas duas estratégias vão oferecer informações valiosas e ainda criar elos emocionais com as pessoas.

2 – DEIXE CLARO QUAL É O PROBLEMA A SER RESOLVIDO

Se nada está quebrado, então não é necessário arrumar.

Os materiais produzidos pela sua empresa devem apresentar claramente qual o problema que eles pretendem resolver. Traga essa questão de forma breve e objetiva e logo no começo ou no título do texto.

Com isso, as chances das pessoas se identificarem é muito maior. Consequentemente, o potencial de seus conteúdos ganharem destaque entre os outros é otimizado.

3 – FUJA DA ESTRATÉGIA “PAPAGAIO”

Com a explosão do Marketing de Conteúdo o que não falta por aí são textos, eBooks e vídeos no formato “mais do mesmo”. Todo mundo se diz especialista sobre um assunto, mas nem todos conseguem entregar dicas úteis para as pessoas.

Se você quer entrar nessa jornada e deseja que o conteúdo traga resultados incríveis para o seu negócio, então, vá com tudo e mostre o que vocês têm a oferecer, que seja realmente novo e valioso. Procure nichos pouco explorados, apresente ideias novas ou, então, use abordagens pouco convencionais. O importante aqui é pensar em maneiras de se diferenciar.

Se você pesquisa sobre Inbound Marketing, já deve ter percebido que essa é uma das estratégias mais importantes para atrair leads qualificados e posicionar a sua empresa como autoridade no segmento. No entanto, é preciso tomar alguns cuidados ao adotar essa estratégia. Caso contrário, sua empresa poderá ser apenas mais uma em um mar de conteúdos. “MARKETING DE CONTEÚDO NÃO É REI, É TODO […]

O que Magazine Luiza e B2W podem ganhar com a compra da Netshoes

A Netshoes é a companhia mais relevante no mercado online de produtos esportivos e a aquisição pode dar à compradora presença maior no mercado de moda

A varejista online Netshoes busca um comprador com sangue frio. A condição: topar assumir um negócio deficitário há anos e com valor de mercado em queda em troca de um pezinho num mercado em ebulição na internet, a moda.

A B2W, dona da Americanas.com e do Submarino, e o Magazine Luiza afirmaram que estão analisando a aquisição, embora afirmem que, por enquanto, não há nenhuma oferta firme. Não está claro o que as varejistas ganham com o negócio, segundo analistas e investidores.

A compra, pelo menos, não custaria caro. O valor de mercado da Netshoes é de aproximadamente 73 milhões de dólares, uma fração dos 558,5 milhões de dólares em que foi avaliada na abertura de capital, há dois anos. Atualmente, a dívida da empresa é de cerca de 37 milhões de dólares.

A Netshoes é a companhia mais relevante no mercado online de produtos esportivos, mas sofre com apostas equivocadas em outros países, como no México e na Argentina, e em mercados que conhecia pouco, como de suplementos. Nos últimos trimestres, a companhia se dedicou a arrumar a casa para se concentrar em seu negócio de origem, de artigos esportivos, e na Zattini, seu braço de moda.

É uma combinação que pode interessar varejistas online com grande presença em outros nichos. A aquisição pode dar à compradora presença maior no mercado de moda, seguindo o caminho da Amazon e Dafiti. A Zara, uma das maiores varejistas de moda do mundo, recentemente anunciou sua entrada no comércio eletrônico.

A questão é a que custo. No terceiro trimestre de 2018, o prejuízo da Netshoes praticamente triplicou, ampliando os problemas da companhia. Apesar do crescimento de 18,2% no número de clientes no período de 12 meses encerrado em setembro, a receita líquida da companhia encolheu 3,2% no terceiro trimestre contra um ano antes, a 417,8 milhões de reais. Para arrumar a casa, a Netshoes vendeu sua operação no México no ano passado e encerrou seu negócio B2B, de transações para clientes corporativos, para focar no B2C, a venda para clientes finais.

A Netshoes deve divulgar seus resultados anuais referentes a 2018 na segunda quinzena de abril, mas ainda não há data definida.
Para o Magazine Luiza, a operação foi considerada neutra por analistas do Brasil Plural. A aquisição não teria fortes impactos no fluxo de caixa da companhia, pelo baixo valor de mercado da Netshoes.
Por outro lado, a operação da Netshoes também não alteraria muito a linha de receitas do Magazine, que faturou 19,7 bilhões de reais em 2018, considerando lojas físicas, comércio eletrônico e marketplace. “A empresa poderia aproveitar a oportunidade para entrar no negócio de vestuário e calçados, seguindo os passos da Amazon no Brasil”, afirmaram os analistas, em nota a clientes.

Já para a B2W a aquisição poderia ser negativa, segundo a avaliação dos analistas. A dona da Americanas.com não tem dinheiro em caixa para financiar a operação, diz o banco. Embora esteja perdendo menos dinheiro, o fluxo de caixa da companhia ainda é negativo. Além disso, a companhia enfrenta um mercado mais agressivo, com concorrentes investindo bastante em frete grátis e promoções.

A maior oportunidade da B2W não está na compra de uma concorrente. Para o banco BTG Pactual, a empresa está construindo um ecossistema para suportar a sua operação e a dos vendedores parceiros.

O crescimento da empresa nos últimos meses veio principalmente de sua mudança de estratégia. Ela tem desacelerado as vendas próprias para investir em marketplace, uma operação que demanda menos caixa. A B2W também busca ganhos de sinergia na integração com os pontos físicos da Lojas Americanas, sua controladora.

A Ame Digital, plataforma de pagamentos criada em conjunto com a Lojas Americanas, ganhou participação nos pagamentos feitos tanto nas lojas online quanto físicas. O banco acredita que a plataforma pode se expandir para vendedores que já são parceiros da B2W, seguindo o caminho do Mercado Pago, plataforma de pagamentos do Mercado Livre que pode se tornar seu maior negócio.

Investir em tecnologia para integrar varejo físico e online e atacar mercados com grande potencial na internet. O caminho para quem quiser seguir triunfando no e-commerce brasileiro está dado. Se os planos passam pela Netshoes é que são elas.

Fonte: https://exame.abril.com.br/negocios/o-que-magazine-luiza-e-b2w-podem-ganhar-com-a-compra-da-netshoes/

A Netshoes é a companhia mais relevante no mercado online de produtos esportivos e a aquisição pode dar à compradora presença maior no mercado de moda A varejista online Netshoes busca um comprador com sangue frio. A condição: topar assumir um negócio deficitário há anos e com valor de mercado em queda em troca de […]

Qual é a diferença entre lucro e faturamento?

Caso alguém perguntasse, você saberia dizer qual é a diferença entre lucro e faturamento? Se clicou neste artigo, é provável que não — e não há problema algum nisso!

Na verdade, quando começamos a nos interessar pelo mundo dos negócios, são tantos termos e palavras diferentes que é normal acabar ficando um tanto quanto confuso. Não se preocupe, pois nós vamos ajudar

Diferença entre lucro e faturamento

Após finalizar a leitura do artigo de hoje, garantimos que você estará entendendo exatamente a diferença entre lucro e faturamento e por que essas duas palavras são cruciais no contexto da sua empresa. Está preparado? Vamos continuar:

O que é faturamento?

Para entender a diferença entre lucro e faturamento, é importante saber diferenciar os dois fatores.

Faturamento é o valor total de vendas de uma empresa num determinado período de tempo. O termo vem do verbo “faturar”, que no dicionário aparece relacionado ao movimento de vender uma mercadoria.

Sendo assim, todo o dinheiro proveniente das vendas de um negócio é enxergado como o seu faturamento.

Ou seja, se você vende óculos e vendeu 100 unidades, cada uma custando R$50, o faturamento da sua empresa foi de R$5000. Simples assim.

O que é lucro?

O lucro, por sua vez, é o faturamento menos os custos e despesas do negócio.

Custos com o produto, salários de funcionários, impostos, marketing e qualquer outro gasto.Isso tudo precisa ser eliminado.

Lucro é aquilo que, no final, sobra limpo no caixa da empresa. Essa é a grande diferença entre lucro e faturamento.

De modo simples, podemos resumir tudo com o seguinte cálculo:

Faturamento – Despesas = Lucro

Seguindo o exemplo do tópico anterior, digamos que o custo de produção de cada óculos fosse de R$15, o que totaliza R$1500, por serem 100 unidades. Além disso, sua empresa gastou R$200 reais com marketing, R$350 em frete e serviços logísticos e um total de R$500 em impostos.

Nesse caso, a conta seria Faturamento (5000) – Despesas (1500 + 200 + 350 + 500) = Lucro

Ou seja, o lucro da sua empresa de óculos seria de R$2450.

Como pode perceber, entender a diferença entre lucro e faturamento é fundamental para que você possa planejar o seu negócio e entender se seus ganhos justificam os investimentos feitos na empresa.

Uma empresa só consegue crescer quando vende mais.

Porém, de nada adianta uma empresa faturar muito e gastar muito. Isso causa um desequilíbrio que prejudica diretamente os lucros.

O segredo de um negócio de sucesso envolve não só faturar bem, mas não sacrificar sua margem de lucro.

Como faturar e lucrar ao mesmo tempo?

Em primeiro lugar, sempre que há um problema na empresa, é preciso identificar de onde ele vem.

Identificar em qual ponto você está errando é a única forma de encontrar uma estratégia para solucioná-lo, para impedir que o negócio fique no vermelho.

Leia mais: Plano de Negócios para não Perder Dinheiro

Minha empresa vende pouco

Se as vendas não estão aparecendo, por exemplo, o faturamento não cresce — essa é uma deficiência que pode ser colocada majoritariamente na conta do departamento comercial.

Quando uma empresa vende pouco, deve repensar seus anúncios, sua estratégia de comunicação e ver se a persona está bem definida.

O faturamento só aparece quando seu negócio sabe para quem está vendendo e consegue se conectar com o público-alvo de forma efetiva.

Minha empresa não gera lucro

Por outro lado, se a empresa vende bem, mas não consegue ter rentabilidade, ou seja, boas margens de lucro, o problema pode estar na gestão do fluxo de caixa ou precificação dos produtos.

Reveja seus custos fixos e variáveis para entender se seu negócio gasta mais do que precisa. Corte gastos, caso seja necessário, e faça investimentos que deem retorno financeiro.

precificação  é uma das maiores dores dos novos empreendedores. É fundamental entender se seus produtos estão sendo vendidos a um preço competitivo – compatível com o mercado e sua persona – e se suas vendas estão trazendo lucro para a empresa.

A lição que podemos tirar disso tudo é que entender qual é a diferença entre lucro e faturamento é fundamental para o seu negócio dar certo. Sem isso você pode bombar as vendas e acabar quebrando justamente por vender demais. Parece piada, não?!

Se você ainda não conseguiu equilibrar as duas coisas, conquistar essa sustentabilidade precisa ser uma de suas metas a partir de hoje.

Lembre-se de que, por um lado, não adianta nada vender e não lucrar. Por outro, ninguém lucra sem vender.

Fonte: https://ecommercenapratica.com/qual-e-a-diferenca-entre-lucro-e-faturamento/

Caso alguém perguntasse, você saberia dizer qual é a diferença entre lucro e faturamento? Se clicou neste artigo, é provável que não — e não há problema algum nisso! Na verdade, quando começamos a nos interessar pelo mundo dos negócios, são tantos termos e palavras diferentes que é normal acabar ficando um tanto quanto confuso. Não se […]